Páginas

Diretor de Batman, o Cavaleiro das Trevas vinga os fãs criticando Joel Shumacher

quinta-feira, 13 de março de 2008


Christopher Nolan, diretor de "Batman, o Cavaleiro das Trevas", concedeu entrevista ao jornal The New York Times, onde ele opina sobre a sua visão dark do personagem, que ele considera a mais correta e também aproveita para vingar os fãs e criticar o filme "Batman & Robin", aquela boiolagem dirigida por Joel Shumacher, em 1997.

"Se quem está fazendo o o filme não o leva a sério, porque os fãs deveríamos?", questiona Nolan, a respeito da verdadeira piada que o herói se tornou depois dos bat-mamilos, bat-cartões de crédito e closes nas bundinhas.

O Batman de Nolan é sério e cada vez mais sombrio. Nesse aspecto, ele conseguiu superar o gótico diretor Tim Burton com maestria, além de colocar uma boa dose de realismo no personagem.
"Sempre que olhamos as HQs, há uma fascinante idéia de que a presença de Batman em Gotham é o atrai criminosos e a loucura. Quando lidamos com noções questionáveis, como o fato de pessoas tomarem a justiça em suas próprias mãos, é preciso perguntar: isso leva a quê? Essas questão é que fazem o personagem tão sombrio, pois ele vingança", opina o diretor.

Nolan também diz que no novo filme Batman suege ainda mais solitário. "A criminalidade crescente em Gotham significa para Batman que há uma missão a cumprir. Então, ele deixa para trás aquele jovem que sofria atrás de respostas. Agora ele é consciente de seu poder, que é também um fardo, e ele tem que reconhecer a diferença entre conquistar esse poder e manter esse poder."

Batman - O Cavaleiro das Trevas estréia mundialmente em 18 de julho.

0 comentários:

 
HQ no Cinema | by TNB ©2010